Arquivo da tag: Grafite

ESTADÃO: Artistas grafitam 150 minicasas para ajudar a dar lar a quem não tem.

Texto tirado do site – http://www.estadao.com.br

Exposição na Faria Lima beneficia ONG que realiza projetos de moradia social na Região Metropolitana de SP.

Uma casa de madeira de 18 m² com só um cômodo não é bem sinônimo de conforto, mas pode fazer a diferença para quem não tem nem isso para morar. Essa é a ideia por trás da segunda edição da exposição Teto e Tinta, que reúne trabalhos de 150 grafiteiros e artistas paulistanos feitos sobre miniaturas de casas. Todo o dinheiro arrecadado com a venda das obras será revertido para a construção das habitações na periferia da Grande São Paulo.

Obra de arte. 'São peças únicas de cada artista', diz Mundano. Foto: Daniel Teixeira/AE

A mostra começou no dia 1º, no Espaço Casa Bola (Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2.889) e é uma parceria entre os artistas e a ONG Um Teto Para Meu País. A entidade atua no Brasil desde 2006 e congrega voluntários para construir casas emergenciais em locais de habitação precária na Região Metropolitana de São Paulo.

“Cada casinha da exposição foi personalizada por um artista e, por isso, é uma obra de arte única de cada um deles”, explica o grafiteiro Mundano, curador e idealizador da exposição. “É uma forma de denunciar a realidade do Brasil dito “desenvolvido”: o país da Copa, das Olimpíadas, mas que ainda tem 16 milhões de pessoas vivendo na pobreza”, disse o diretor social da ONG, Ricardo Montero.

Venda. As peças vão ficar expostas até o dia 19 de junho e a expectativa é que todas sejam vendidas – o dinheiro será totalmente destinado à construção das casas de 18 m² feitas pela ONG. O preço de cada uma varia e é definido pelos próprios autores, a partir do valor básico de R$ 50 – o valor médio é R$ 250.

Segundo Mundano, foram convidados artistas com histórico ligado aos problemas habitacionais da cidade. “Aqui o público tem a chance de ter uma obra única desses artistas por um preço muito menor, sabendo que o dinheiro vai ser revertido para um projeto social”, diz o curador.

Processo. Para confeccionar as miniaturas, cada um dos artistas recebeu uma casinha de parede branca, teto azul e oca por dentro – elas normalmente funcionam como cofres que voluntários da ONG costumam passar em semáforos para angariar recursos. Já o resultado variou de autor para autor: teve quem apenas pintou as casinhas de acordo com seu estilo, quem acrescentou objetos à obra e até quem remodelou totalmente o objeto.

A primeira edição do evento ocorreu no segundo semestre do ano passado, com apenas 45 artistas. Com o dinheiro arrecado, foi possível construir uma casa. Neste ano, vão participar artistas tão diversos quanto os grafiteiros Tinho, Mauro, Whip, Feik e Magrela, os escritores Ferréz e Alessandro Buzo, o fotógrafo João Wainer e o arquiteto Eduardo Longo. “Esperamos conseguir triplicar o valor arrecadado. Assim, com o mutirão de arrecadação que faremos nos dias 10 e 11, poderemos dar continuidade às nossas ações voluntárias”, disse Ricardo Montero. “Se colocarmos eventos como esse no calendário cultural, o tema da extrema pobreza na cidade, no Estado, receberá maior atenção da sociedade.”

SERVIÇO:

AVENIDA BRIGADEIRO FARIA LIMA, 2.889. DE 1º A 19 DE JUNHO, DE SEGUNDA A SEXTA, DAS 10H ÀS 14H E DAS 17H ÀS 21H; AOS SÁBADOS E DOMINGOS, DAS 10H ÀS 21H. GRÁTIS. 

Anúncios