Arquivo da tag: Dicas

Vai viajar e quer conhecer o lugar de um jeito diferente? | Rent a Local Friend

logo_PAGAMA-social_BlogVai viajar, mas não quer pagar de “turistão”? Então vai uma dica que parece ser bem bacana.

Para quem tem interesse em conhecer lugares fora das rotas turísticas e viver a cultura local, o site Rent a Local Friend tem a proposta de “contratar” um morador do seu local de destino para guiá-lo por algumas horas ou dia.

Ainda não utilizamos, mas parece ser uma ótima opção para conhecer lugares inusitados, culturas e pessoas novas.

Hypeness – LEGO lança kit para jovens e adultos brincarem de arquitetos

Por Jaque Barbosa no portal hypeness.com.br.

LEGOArchitectureKit1

Nunca é tarde pra brincar e muito menos com LEGO, um jogo capaz de te obrigar a pensar e a usar a criatividade. Mas agora a experiência tem tudo pra se tornar melhor: o LEGO Architecture Studio Kit é um produto para maiores de 16 anos pensarem realmente como verdadeiros arquitetos.

Os fãs das grandes construções da arquitetura mundial têm aqui muito com que se entreter, uma vez que o kit inclui mais de 1200 peças brancas e transparentes, pra todo o tipo de criações. Ao contrário de outros produtos da linha de arquitetura da LEGO, este garante total liberdade ao usuário.

Mas o melhor ainda está pra vir: além das peças, ele vem com um guia, de 272 páginas, com dicas, técnicas e exercícios criados por alguns dos mais conceituados escritórios de arquitetura do mundo.

Se você  também quer soltar o arquiteto que mora aí dentro, só tem de desembolsar 150 dólares (cerca de 345 reais) aqui.

LEGOArchitectureKit2

LEGOArchitectureKit3

LEGOArchitectureKit4

LEGOArchitectureKit5

Ano Novo, Casa Nova

7 dicas para você renovar sua casa gastando pouco

O início de um novo ano é sempre marcado pelo desejo de renovação e de novas expectativas. Como todos sabem o ambiente em que convivemos afeta extremamente nosso espírito, nosso humor e consequentemente nossa vida.

Uma casa alegre, cheia de luz e organizada refletirá diretamente no seu modo de viver. Então vamos deixar algumas dicas que ajudarão a renovar os ânimos e a decoração da sua casa.

Fonte: Internet

Em primeiro lugar organize o espaço. Para o novo entrar e a energia circular, o velho deve sair. Objetos sem uso ou quebrados estagnam as energias e entulham a casa, portanto livre-se desses objetos. Como você não acumulou toda a bagunça em apenas um dia, então não vai ser em um dia que conseguirá arrumá-la. Organize um plano de tarefas, determine em quanto tempo conseguirá arrumar tudo e o que irá arrumar em cada dia, por exemplo, cômoda, armário do quarto, armário da cozinha, documentos etc. Uma boa dica é separar os itens em caixas para dar o destino correto a cada objeto. Exemplo: Lixo/ Reciclagem, Doação e Dúvida, para objetos que ainda não tem certeza se ainda usará ou se pode ser útil para alguém conhecido, você pode também deixar essa caixa guardada, e se em alguns dias ou meses não sentir falta de nada, talvez não necessite desses objetos mesmo.

Fonte: Internet

Com tudo organizado, a casa já está mais leve. Agora para renovar o astral e entrar com toda disposição neste novo ano, faça algumas mudanças na decoração. As dicas são:

1 Renove a pintura– Paredes e rejuntes limpos dão uma cara totalmente nova ao ambiente. Escolher uma parede e pintá-la com uma cor alegre ainda é uma ótima e barata opção de renovar. Cuidados apenas para que a cor escolhida não escureça muito o ambiente, principalmente se o mesmo for pequeno.

2 Móveis – Utilize capas ou mantas no sofá e muitas almofadas lisas e estampadas em cores variadas. Tente fazer referência com a cor das paredes e outros objetos da decoração. Em cômodas, armários e outros móveis, você pode pintá-los em cores diferentes ou simplesmente lixá-los e renovar o verniz. Reinventar funções também pode ser interessante.

3 Layout – Estude a distribuição dos móveis e melhore o layout de sua residência. A melhor posição do mobiliário em um cômodo pode facilitar muito o seu dia a dia. É importante que as áreas de passagem estejam sempre livres e que atividades do cotidiano sejam facilitadas, como na hora de cozinhar, ler, trabalhar, assistir TV etc.

5 Objetos – Quadros, Porta retratos e outros objetos decorativos, garimpe e renove os que já tem e troque as fotos de vez em quando. O importante é que você harmonize a colocação desses itens e que todos os objetos lhe passem um sentimento bom, nada de quadros com imagens tristes, pois isso afeta negativamente o seu estado de espírito.

6 Iluminação – Utilize abajures, crie novos pontos de iluminação, troque uma luminária e abuse da luz natural com janelas amplas, paredes com tijolo de vidro, etc.

7 Natureza perto de você – Traga um pouco da natureza para sua casa, principalmente se mora em cidade grande, onde muitas vezes o contato com a natureza é quase nulo. Tenha arranjos de flores e vasos em casa, cultive uma horta de temperos, aquários e fontes de água também ajudam a energia circular. Ter animais de estimação como cães e gatos é ótimo, desde que se pratique a posse responsável.

Fonte: Internet

Renovar a casa é gostoso e divertido, o resultado final é surpreender. Mas nem sempre é fácil ou indicado fazer sozinho e harmonizar todos esses itens. Já pensou em contratar a consultoria de um arquiteto para isso? Neste serviço é feita uma visita onde o arquiteto indicará as melhores soluções e dicas que atenderão suas necessidades, dificuldades ou problemas e desejos. Se a mudança for geral e mais complexa, o ideal é comprar um projeto de interiores ou reforma, pois estes contemplam desenhos técnicos, escolha do mobiliário, escolha de cores e tecidos, entre muitos outros detalhes.

Com a casa bonita, confortável e funcional, suas energias estão prontas para encarar o início do ano e conquistar tudo o que deseja. 

PAGAMA SOCIAL – O novo canal do Blog da PAGAMA arquitetura.

Preocupados e comprometidos com a melhoria do nosso planeta, da qualidade de vida de todos, com o meio em que vivemos e a responsabilidade social, o PAGAMA SOCIAL é um canal que divulgará notícias, dicas e boas ideias sobre sustentabilidade, inclusão, cultura, e assuntos correlatos, além de compartilhar e apoiar ações e iniciativas sociais e ambientais. Afinal, como arquitetos urbanistas e cidadãos, temos o compromisso de sermos inquietos e não nos eximir, temos de fazer nossa parte para contribuir com nosso vizinho, nosso bairro, nossa cidade e nosso planeta. E é com esse espírito e pensamento que criamos este espaço.

Esperamos que gostem e que contribuam com mais esta ação!

Para acessar é simples, clique na imagem de cabeçalho deste post, ou passe seu mouse sobre o menu PAGAMA SOCIAL, no topo da página e clique em ‘Ações Sociais’.

PAGAMA SOCIAL: Quer carona? Ações que contribuem com a redução do trânsito nas cidades.

A semana nacional do trânsito (celebrada entre 18 e 25 de Setembro) já se foi, mas com ela não se foram os problemas. Este tema é repetidamente tratado nos noticiários, reclamado nas redes sociais e usado para justificar atrasos e para iniciar conversas com desconhecidos. Mas como de fato resolver ou ao menos driblar essa questão tão presente no cotidiano de todos?

A parte as obrigações políticas em encontrar soluções para este fato e investir em outros meios de mobilidade na cidade, nós cidadãos podemos de alguma forma contribuir para a melhora deste problema urbano causado, em parte, por nós mesmos.

Há uma série de campanhas e sites de incentivo à carona, como forma de otimizar o número de passageiros por veículos em trânsito. Um deles, divulgado pelo portal CATRACA LIVRE, tem a meta de tirar 100 mil veículos de circulação até o fim do ano apenas com o compartilhamento de carros por carona. 

Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas e colaborar com o meio ambiente, o site Caronetas aposta em ferramentas online, serviços grátis e segurança para emplacar a ideia de carona corporativa. Apesar de algumas iniciativas que vem surgindo nesse sentido, a carona é ainda uma ação rara em São Paulo. A cidade tem 7 milhões de veículos circulando diariamente e habitantes que passam em média quase 3 horas no trajeto casa-trabalho.

A meta da empresa é conseguir retirar, até o fim do ano, 100 mil carros das ruas de São Paulo. Participar é simples e o processo leva menos de um minuto. Basta entrar no site e preencher um formulário com nome, empresa, e-mail e CEP. Caso a empresa do novo usuário esteja cadastrada, a autenticação como colaborador é feita pelo e-mail corporativo (nome@empresa.com.br) ou, caso não tenha, pelo responsável da própria empresa. Depois de autenticado, ele já começa a receber e-mails de possíveis caronas e tem acesso a seções exclusivas no site.

Outro, também divulgado e apoiado pelo mesmo portal e elaborado pelo Instituto Mobilidade Verde, tem o mesmo objetivo de incentivo à carona, mas voltado para universitários.

Instituto Mobilidade Verde com o apoio do CATRACA LIVRE – que desenvolve o projeto Universidades em parceria com o Santander – criou o site de troca de caronas Campus Aberto.  A página reúne uma série de ferramentas que permitem aos universitários compartilharem uma carona de carro, rota de bicicleta e até táxi.

O cadastro no site é gratuito e pode ser feito por qualquer aluno de uma das universidades participantes do projeto como a FAAP, Senac, USP, Mackenzie, ESPM, FMU entre outras. Basta preencher sua origem e destino e aguardar por um aluno que faça o mesmo caminho.

 Ainda sobre o tema e com um caráter tão louvável quanto, mas em fase de elaboração e captação de recursos, um site quer ajudar profissionais a conseguir emprego mais perto de suas casas. Esta ação contribuiria com a mobilidade urbana, ajudaria empresas a diminuir o número de faltas e atrasos de funcionários por conta do trajeto e ainda incentivaria os comércios e serviços dos bairros mais afastados dos grandes centros comerciais e financeiros da cidade.

Pensemos: Em um mundo onde as relações humanas estão cada vez mais diminuídas a twittadas e bate papos virtuais, que gastamos grande parte das finanças com transporte público e/ou privado e perdemos horas do dia a espera de condução ou presos em congestionamentos, até que não é má ideia compartilharmos carona.
Assim conhecerá pessoas diferentes, algumas até que participam do seu cotidiano mas não tem muito contato, gerará economia já que passará a dividir despesas com transporte que antes eram integrais e, ainda por cima, contribuirá com a cidade e com o meio ambiente, num vale a pena?

SERVIÇO

Caronas Corporativas: http://www.caronetas.com.br 

Caronas Universitárias: http://www.campusaberto.com.br 

Para apoiar e contribuir com a criação do site para oferta de empregos próximos da sua casa, acesse: http://catarse.me/pt/projects/337-esta-na-area

SUA CASA X SEU PET: Tenha uma casa bonita e confortável para você e seu animal de estimação.

Quem tem bichinho em casa sabe a delícia que é ter uma companhia sempre alegre, divertida e muito fofinha, mas também sofre com as vezes que o gato afia as unhas no estofado do sofá, ou o cão faz xixi fora do lugar e etc. Fatos como esses são corriqueiros para donos de animal de estimação. Pensando nisso, elaboramos uma série de dicas com a colaboração do educador e adestrador de animais Gustavo Campelo, que poderão ajudar no convívio do seu Pet com a casa e melhorar a relação do peludo com a família.

COMO ADAPTAR A CASA AO SEU ANIMAL

Para começar bem, o 1º passo é verificar se o espaço disponível em sua residência é ideal para o seu animal ou o que gostaria de ter. Isso é muito importante, pois um animal em espaço inadequado pode desenvolver sérios problemas de saúde e comportamento. Para ter certeza, pesquise características e natureza do animal e raça, e sempre consulte profissionais especializados.

Feito isso, é hora de pensar na segurança. É imprescindível a instalação de redes de segurança nas janelas e manter seu Pet sempre dentro da residência, sem acesso para o exterior, tomando cuidado sempre com as janelas, portões e muros baixos. A posse responsável é importante para a saúde do seu animal, criar rotinas de limpeza e hábitos no cotidiano da casa ajudará o animal a se integrar melhor com o ambiente.

Agora, é adequar a decoração e interiores da casa ao seu Pet. Estipule os ambientes onde o animal poderá circular. Reserve um lugar certo na casa para área de descanso com caminha, área de brincar com os pertences do bichinho, de preferência organizados em um cesto, área de higiene com jornal/caixa de areia (esta área deve ser bem ventilada e sem muitos obstáculos), e área de alimentação em lugar não muito perto da área de higiene, afinal você não gostaria de comer no seu banheiro e tampouco seria higiênico ou saudável.

Ilustração _ PAGAMA arquitetura

Permitir bichos no quarto é uma questão sempre discutida e polêmica, mas lembre-se, o que está em jogo é a sua autoridade e o bem estar dos moradores e seus bichinhos. Por isso talvez não seja a melhor atitude permitir esse acesso, por mais que gostemos de ficar com nossos animais sempre por perto.

Fonte: Internet e Simon's cat.

Para os animais que vivem na parte externa da casa, como quintais, por exemplo, devem sempre contar com uma área protegida do vento e do frio, com higienização regularmente. Nos casos dos nossos amigos de pena, procure se certificar de que o viveiro ou gaiola tenha as dimensões adequadas à espécie de seu pássaro, além de respeitarem o conforto térmico e a funcionalidade. Posicione o viveiro ou gaiola protegidos de ventos e em local onde pegue o sol da manhã e claro, mantenha uma alimentação regrada e equilibrada, água sempre fresca e tenha atividades diárias para exercitar o físico e mente dos bicudos.

DECORAÇÃO PARA O BICHINHO

Aí vão alguns cuidados na decoração e escolha dos objetos e acabamentos. Utilize revestimentos práticos para limpeza, prefira pisos lisos e/ou laváveis, como carpete de madeira ou Porcelanato. Tecidos impermeáveis, como os couros sintéticos e ecológicos, sarja peletizada ou chenille, em geral tecidos mais grossos de trama bem fechada, são boas escolhas para manter a ordem e a limpeza. A utilização de capas laváveis no dia a dia também é uma ótima opção para conservar o tecido original do sofá. No caso dos gatos, tenha arranhadores bem atrativos nos ambientes onde o felino circula. Pulverizar erva-de-gato nestes arranhadores também é uma boa dica para atraí-los ao brinquedo e assim esquecerão um pouco do seu sofá ou poltrona. Para cães, o ideal é manter uma rotina diária de passeios, dependerá da raça do animal o tempo de cada caminhada, assim ele estará sem muita energia em casa para morder os móveis e outras peripécias.

Filhotes sempre têm mais energia, assim bagunçam mais, por isso é importante educar desde cedo, por mais engraçadinho que seja hoje, uma mesma atitude dele quando mais velho pode não agradar e será mais difícil educá-lo. O adestramento não fará o seu animal infeliz e cheio de limites, pelo contrário, encare o como a escola dos seus filhos.

Mesmo educando seu bichinho, o mais garantido é não deixar objetos importantes ao seu alcance para que ele não os destrua. Atenção para objetos sobre mesas e prateleiras, que possam cair sobre seu animal e machucá-los, toalhas de mesa que possam puxar e derrubar objetos. Esse tipo de acidente acontece muito com gatos, isso porque adoram subir nos móveis, pois gostam de observar tudo que se passa na casa por cima. Então, por que não incluir um item na decoração que sirva exatamente para esse propósito? Prateleiras em posições altas e a meia altura ou alguma peça no peitoril de janelas, pode integrar muito bem à decoração da casa e deixará certamente seu bichano feliz.

Fonte: http://www.abodeon.com/

Um Cuidado importante também que se deve ter é com o paisagismo. Plantas como lírios, espada de são Jorge, comigo ninguém pode, copo de leite, antúrio, entre outras, são tóxicas e podem prejudicar seu animal. Procure espécies não tóxicas ou, na dúvida, um veterinário ou paisagista. Cuidado também ao arrastar móveis ou no fechamento de portas e armários, cheque antes se não tem um curioso de quatro patas por perto para não causar acidentes.

 LIMPEZA DA CASA      

Alguns equipamentos e produtos são essenciais para uma manutenção prática, como um bom aspirador e desinfetantes especiais. Para os cães, existem hoje no mercado os tapetes higiênicos absorventes que substituem os jornais. Para os gatos existem vários tipos de areia sanitária, teste alguns tipos para ver qual acha melhor. A rotina de limpeza vai depender de quantos animais você tem e do tamanho da casa e se existem ou não pessoas alérgicas na família, mas no geral, aspirador e pano com desinfetante de 2 a 3 vezes por semana pode ser suficiente para manter a casa limpa e cheirosa. Troque o jornal e limpe a areia 2 vezes por dia (de manhã e a noite por exemplo). No caso da areia, troque-a toda com uma frequência de 7 a 10 dias, assim não ficará cheiro. Aromatizadores de ambientes podem ser muito úteis para deixar um aroma gostoso e disfarçar um cheirinho desagradável eventualmente.

Alguns cães e em geral os gatos soltam pelos, em épocas com mais ou menos frequência e quantidade, mas é tudo contornável com a escovação do animal, rolinhos adesivos e aspirador. Guardar do avesso as roupas escuras também ajuda.

RESPONSABILIDADE

Hoje em dia ter um animal de estimação é cada vez mais comum em casas e apartamentos, mas nem sempre são respeitadas suas necessidades e limitações. Por isso seja responsável, nunca se esqueça de cuidar bem da higiene e saúde do seu bichinho e local onde vive. Observe mudanças físicas e de comportamento, água fresca sempre, ração de boa qualidade, ambiente limpo, vacinações e vermifugação em dia.

Se você ainda não tem seu pet, que tal adotar um?

www.adoteumgatinho.org.br 

www.uipa.org.br

Lembre-se! Uma rotina sadia, um ambiente limpo e uma decoração adaptada e amigável influenciarão positivamente o comportamento do seu animal. Ele depende de você!

COLABOROU COM ESSE POST:

 
 

www.gustavocampelo.com.br

(11) 9626.4787

Interiores e Decoração para o Dormitório das Crianças.

Quando você percebe que seu filho não é mais bem um bebezinho, é hora também de renovar o espaço dele. Ele ou ela já tem novos interesses, atividades e responsabilidades.

O quarto das crianças e dos adolescentes é, na maioria das vezes, um espaço de múltiplas funções como estudar, brincar, receber os amigos e até dormir. Criar um espaço divertido e funcional, com todos os móveis necessários e ainda organizado não é fácil, por isso aqui vão algumas dicas.

Layout:

Para começar, assim como em todos os ambientes de uma residência, você deve analisar o seu espaço. Tire as medidas do dormitório e faça uma planta, posicionando janelas e portas. Quais móveis devem fazer parte do espaço? Os mais comuns são cama, cama auxiliar, armário, cômoda, mesa e cadeira de estudo, estante para brinquedos, etc. Cada um tem suas necessidades, analise as de seu filho.

Estude a melhor distribuição dos móveis no ambiente, deixando o espaço confortável para brincar, receber os amigos e também estudar.

Dormitório criança ou adolescente - Projeto PAGAMA arquitetura
Fonte: casa.abril.com.br

Cores:

A escolha das cores deve envolver seus filhos, afinal de contas o espaço será deles certo? Eles devem dizer quais cores mais gostam ou gostariam de ter em seu quarto. Não é preciso utilizar apenas cores suaves, cores intensas são muito bem vindas, desde que bem dosadas.

Caso queira colocar muitos objetos e brinquedos coloridos, seria interessante trabalhar com todas as paredes em apenas uma cor bem suave ou mesmo o branco. Outra opção é pintar apenas uma parede com uma cor mais forte e as demais em uma cor suave, e trabalhar a mesma cor intensa em alguns objetos do quarto, almofadas e quadros. A terceira opção é trabalhar todas as paredes com cores e nesse caso a marcenaria, roupa de cama e objetos devem, em sua maioria, ter uma cor neutra em madeira ou branco, com poucos objetos em cores que entrem em harmonia com a cor escolhida para as paredes.

Para deixar o ambiente mais divertido e interativo, existem no mercado produtos interessantes como tintas especiais, com efeito, tipo lousa para as crianças desenharem com giz ou a tinta magnética, que permite a criança brincar com imãs na própria parede. Você pode ainda aplicar papel de parede ou um adesivo divertido.

Muitas crianças têm uma personagem de desenho preferido e desejam ter alguma referência dele no quarto, porém para isso existem algumas maneiras alternativas à colcha, adesivo e quadros da personagem. Trabalhe suas cores, detalhes do cenário e etc., de forma sutil para não deixar o ambiente com uma aparência comercial, já que os pequenos são bombardeados com propagandas o tempo todo.

Quadros com imagens inspiradoras, objetos criativos e até um painel com artes produzidas pelas crianças transformam o dormitório em um lugar estimulante e que ajude a desenvolver todas as potencialidades como a criatividade e capacidade de imaginação.

Fonte: casa.abril.com.br

Móveis e organização:

Para manter o espaço sempre organizado, determinar um espaço para cada coisa é imprescindível. Gavetas, prateleiras,cestos e caixas organizam brinquedos, livros e material escolar. Etiquetar o que irá a cada lugar facilita bastante para todos.

Baixe aqui um exemplo com etiquetas prontas, é só imprimir e colocar nos locais certos para cada objeto no quarto (arquivo em PDF).

Se seu pé direito for alto, colocar a cama em um mezanino libera maior área do quarto para a brincadeira.

Romper com o formato tradicional de um dormitório acrescentando itens diferentes chama a atenção da criançada, como colocar a área de brincadeiras e a cama em um tablado um pouco mais alto do piso deixando o quarto com cara de ‘loft’. Uma intervenção assim consegue agregar várias atividades num mesmo ambiente, dando a sensação de independência que os filhos buscam assim que deixam as fraldas.

Dormitório com mezanino e áreas de estudo e entretenimento - Projeto PAGAMA arquitetura
Dormitório com tablado elevado - Projeto PAGAMA arquitetura
Fonte: casa.abril.com.br

Irmãos dividindo o mesmo espaço:

Encaixar todo o mobiliário necessário em um quarto dividido por irmãos não é tarefa fácil. Beliches e camas deslizantes são boas saídas se o espaço não for muito grande. Também não é fácil decorar esse espaço para personalidades e gostos diferentes, ainda mais se os irmãos não forem do mesmo sexo. Mas não é missão impossível, e ainda pode ajudar a ensinar seus filhos a compartilhar, respeitar as diferenças e a ceder.

Em uma boa conversa devem-se combinar as cores e gostos em comum. Uma boa marcenaria aproveita ainda mais o espaço para caber tudo sem aperto ou improviso.

Crianças alérgicas:

Se você tem crianças alérgicas em casa, existem algumas providencias que podem deixar o ambiente aconchegante e ainda assim seguro para a saúde.

Cortinas e tapetes devem ser lavados toda semana, portanto escolha materiais leves. As persianas podem ser mais fáceis no dia a dia para fazer a limpeza, mas dependendo do modelo podem não ser tão aconchegantes, por exemplo, evite persianas horizontais.

O ideal é trabalhar com um piso laminado, mais fácil de limpar e não tão frio quanto à cerâmica ou o porcelanato, mas que também podem ser utilizados.

Nas paredes deve ser utilizado tinta ou papel de parede laváveis e materiais antialérgicos para a roupa de cama.

Na decoração não utilize objetos com muitos detalhes que acumulam poeira, nem prateleiras em cima da cama. E bichinhos de pelúcia só se não muito expostos, como dentro de armários e/ou protegidos por algum tipo de capa.

Por fim, um ambiente bem decorado não apenas agrada ao olhar como tem o poder de influenciar nosso estado de espírito, nos estimular e até ajudar a relaxar.

Móveis não são itens baratos, portanto é bom decidir por itens que acompanhem a criança até a adolescência pelo menos com poucas alterações. Um bom projeto de marcenaria ou a escolha certa de bons móveis prontos poderão servir desde a infância até a faculdade, o que muda o ambiente é sua decoração que pode se renovar ao longo dos anos e fases da vida.

Contratando um projeto de interiores e decoração, o arquiteto irá elaborar todos os detalhes de acordo com o espaço e limitações existentes, seus desejos e necessidades. A consultoria de um profissional pode auxiliar-lo com o melhor layout, cores e tirar suas dúvidas na hora.